(A HIPERTENSÃO PULMONAR )

CLASSIFICAÇÃO CLÍNICA

A classificação clínica da hipertensão pulmonar de baseia em suas causas. Há 5 subtipos de HP: alguns são raros, outros mais frequentes, e os tratamentos podem variar:

01

Hipertensão Arterial Pulmonar (HAP)

É uma enfermidade rara, crônica e progressiva que resulta na incapacidade do indivíduo, podendo levar à morte.  A HAP pode ser causada por: Doenças do tecido conjuntivo, infecção por HIV, doenças hepáticas, doença cardíaca congênita, doença das células falciformes e esquistossomose, drogas ou toxinas, medicamentos anorexígenos.

A HAP também pode ser idiopática (sem causa conhecida) ou hereditária.

02

Hipertensão Pulmonar com enfermidade ventricular esquerda (HP-EVI)

É causada por transtornos que afetam o lado esquerdo do coração, incluindo a doença da válvula mitral e pressão arterial a prazo. A enfermidade ventricular esquerda é considerada a causa mais comum de hipertensão pulmonar (incide sobre aproximadamente 80% de todos os diagnósticos de HP).  ​

03

Hipertensão Pulmonar associada a doenças respiratórias ou Hipoxemia (inclui-se a HP com Distúrbio pulmonar obstrutivo crônico, HP-DPOC, e a HP com enfermidade pulmonar intersticial, HP-EPI)

Este tipo está associado a outras enfermidades pulmonar, bem como transtornos da respiração ligados ao sono, como a apneia. Além disso, a HP pode ser causada por doenças do tecido conjuntivo, como a artrite reumatoide.

04

Hipertensão Pulmonar Tromboembólica Crônica (HPTEC)

É causada por coágulos sanguíneos localizados nos pulmões ou transtornos da coagulação sanguínea. Trata-se de um tipo de HP que, em alguns casos, pode ser curado por cirurgia. Acredita-se que a incidência seja de, aproximadamente, 1 a 3% dos casos de HP, ainda que a prevalência seja desconhecida atualmente.

05

Hipertensão Pulmonar em decorrência de causas multifatoriais

Distúrbios do sangue.

  • Transtornos sistêmicos, como vasulites, transtornos metabólicos, como hipotireoidismo, por exemplo.
  • Outras causas, como tumores que pressionam as artérias pulmonares e enfermidades renais.
  • Aproximadamente 8% dos diagnósticos pertencem a esta categoria.

Essas categorias correspondem a mais recente atualização da Classificação de Nice, debatida no el 5º Simpósio Mundial de Hipertensão Pulmonar en fevereiro de 2013.

Contato

Escreva-nos se tiver dúvidas ou requisitos.

Não leia? Alterar texto. captcha txt